sexta-feira, 24 de outubro de 2014

NOS PROXIMOS DIAS VAI SER "UM DEUS NOS ACUDISMO SEM FIM" - POR LUIZ SAUL

 
 
Próxima semana, algumas coisas continuarão iguais e outras nem tanto.
Imaginem, por exemplo, se a Dilma ganhar e o Henrique Eduardo Alves (PMDB), presidente da Câmara, perder a eleição para governador do Rio Grande do Norte, sabendo-se que o Lula fez campanha para o candidato contrário em terras potiguares, Robinson Farias (PSD). A hipótese encaminha-se para acontecer.

Em um país em que os homens públicos se comportam como se o bem público privadamente lhes pertencesse, a vin
gança virá a galope, com o ainda Presidente Henrique instituindo uma pauta de decisões cem por cento contrária aos interesses do atual governo. Tudo o que a tal da Dilma abominar, inclusive as profundezas mais perigosas da Petrobrás, estará no centro das atenções como cartaz principal, é só esperar. 

Nos primeiros momentos, quando o Henrique meio que nadava de braçada no otimismo e no favoritismo, a questão não se apresentava como arriscosa. Depois, não se sabe se por conta do vídeo gravado pelo Barba, ou se por outro tipo de desencanto, o candidato foi sendo pulverizado aos poucos até se transformar em cavalo paraguaio. É o que consta.
 
Daí que já está assestando as baterias, ainda sem anúncio de vendeta, mas já apontando o dedão para o Doutor Lula como o culpado por um eventual fracasso, uma vez que quase nunca os fracassados apontam para a própria incompetência. 

Nessa linha de possível fustigação da “aliada” petista nos dois ou três meses que lhe resta no comando da Câmara Federal, fará tantas vítimas quanto puder, inclusive, por exemplo, o ainda deputado André Vargas, cujo processo de cassação vem aos poucos caminhando para o arquivamento em fevereiro, por “falta de tempo e de quórum” e certamente de pudor. Todos os esqueletos serão retirados do armário.

O pior é que nesta altura não dará mais para “negociar” emendas de apoio. Os convencimentos terão que girar em torno de inteligências argumentativas, mesmo se sabendo que uma das partes não consegue conciliar uma frase com começo, meio e fim.
Vai ser um deus nos acudismos sem fim.
 
Por: Luiz Saul Pereira

MUITA ANIMAÇÃO HOJE NO BAR E RESTAURANTE SABOR DA ROÇA - CONFIRAM!

 
E hoje muita moda sertaneja no Bar e Restaurante Sabor da Roça'', com nosso artista da terra, Ronivon'... Não percam, à partir das 19:30h.
 
Por: Gema Campos

NOSSOS AMIGOS LEITORES ANIVERSARIANTES DA SEMANA - FELICITAÇÕES!

 
 
Ivonete B. Leite  (19/10)
Lourdinha Alves (19/10)
Maristela Vanderlei (19/10)
Simone Florentino (19/10) 
 
Annye Patriccia Brito (20/10)
Caio César Florentino Fonseca (20/10)
 
Edileuza Siqueira (20/10)
Janeasr Ars (20/10)

Kelly Pedrosa (20/10)

Maria Rita Araújo (13/10)
Milena Martins (20/10)

Ranilson Clebeson - locutor (20/10)

Roberta Menezes (20/10)

Sediney Ferreira (20/10)

Bosco Inseto (21/10)

Liliam Luciana (21/10)

Guilherme de Pádua (22/10)
Luciano Bezerra (22/10)

Ivone Marques (23/10)
Larissa Almeida (23/10)
Hyanne Magalhães (24/10)
Celma Ramos (25/10)
Maria das Dores (25/10)



Miguel Arcanjo (25/10)
Williams Terto (25/10)


COMUNICAMOS O FALECIMENTO DE MIRALDA GOMES DA SILVA


Os nossos informativos A VERDADE ESCRITA, JORNAL OPINIÃO E BLOG OPINIÃO, comunicam com pesar o falecimento da nossa conterrânea, a triunfense  MIRALDA GOMES DA SILVA, ex- aluna do Colégio Stella Maris e professora de catequese, residente na rua Tenente Siqueira Campos, Alto da Boa Vista, a mesma encontrava-se  há dias convalescendo na Unidade Mista de Saúde Felinto Wanderley nesta cidade.

Neste momento de dor e saudades provocadas pela  lamentável partida  que invade à família enlutada, parentes e amigos, resta-nos pedir a  Deus que  na sua infinita bondade, que restitua a sua alma na outra vida  e permita que descanse em paz. 

Na oportunidade, prestamos nossas  condolências e solidariedade, a sua genitora Josefa Raimunda, os irmãos Miriam, Miraldino, Maria, Marcos, Dinha, Marivaldo, Glória e demais familiares, que Deus conforte a todos.

Carlos Ferraz,
 Triunfo PE
 

BETOS BAR E RESTAURANTE SUCESSO COMPROVADO



 


Considerado o principal centro de congraçamento cultural da cidade de Triunfo em nossos dias, é o Polo Gastronômico, situado na Rua Jornalista Sigismundo Pinto, Bairro Guanabara, da máxima importância para  acomodar visitantes rápidos e turistas hospedados, setor praticamente fundado quando da  instalação aventureira de previsão duvidosa na época do seu empreendedor Antônio Roberto Bezerra de Vasconcelos, quando surgiu ainda acanhado a novidade do Bar e Restaurante "Beto's Bar"e para onde migraram novos adeptos mais exigentes que se tornaram frequentadores assíduos, estimulando natural aparição de outras opções no livre mercado.

No mês de julho do próximo ano o Beto's Bar está  comemorando vinte anos de atividades com admirável frequência de público -  acima da média normal das outras localidades onde possuem iguais estabelecimentos comerciais instalados - segundo contagem registrada no dia a dia, finais de semana, período de recesso escolar ou trabalhista e feriados. Originado do sonho do  citado responsável, foi precisamente inaugurado em 20 de 07 de 1995, quando o mesmo corajosamente investiu por inteiro a indenização recebida da Companhia Hidrelétrica do São Francisco - Chesf, onde era funcionário lotado na estação de Paulo Afonso-BA.

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

APROVEITAR ACERVOS PARTICULARES NO LIMITADO MUSEU



Triunfo, localizado no Alto Sertão de Pernambuco, distante 399 km da Capital Recife, completou neste ano 130 anos de existência, quase um século e meio de história, poderia ser contada através de  documentário oficial exposto no  diversificado e temático Complexo de Museus ( Cidade, Sacro, Engenho, Cangaço) ou sonhado Arquivo Público Municipal, caso houvesse interesse da atual administração instalar e organizar de forma adequada esse setor com objetos destacados e doados pela própria população e por alguns  sensíveis nativos colecionadores.

 

Acervo Diana Rodrigues
Acervo Manoel Nildo

Acervo Manoel Nildo
Acervo Assis Timóteo - Casa Das Almas
No entanto infelizmente,a memória fotográfica do panorama sociopolítico cultural e urbanístico da cidade, vem sendo preservada apenas pelas mãos dos saudosistas triunfenses, José Alves de Carvalho, Diana Rodrigues Lopes, Marcos Antônio Florentino Lima, Carlos Carmelo Ferraz Farias, Joselaide Bezerra de Vasconcelos, Manoel Nildo Gomes, por meio de relíquias mantidas em suas residências ou pontos comerciais, a maioria em conjuntos de fotografias antigas em preto e branco, que registram passagens importantes dos séculos 19, 20 e 21, além das valorosas peças e objetos.

José Alves de Carvalho,
Joselaide Vasconcelos,Carlos Ferraz,Diana Rodrigues.,
Marcos Antônio Florentino Lima
Manoel Nildo Gomes
A louvável iniciativa desses proprietários mantendo importantes acervos constituídos de fotos inéditas é demonstração clara de pessoas que cultivam a paixão pelo torrão natal, tendo esse gesto começado no seio de várias famílias locais quando fizeram questão de preservar seus momentos íntimos, tendo como ponto de partida a memória dos entes queridos, e assim  preservando verdadeiras relíquias. Nelas é possível acompanhar  vários capítulos da Terra da Baixa Verde, que por muitos anos concentrou grande movimentação comercial e destacou-se nos eventos, educação e hospitalidade, entre as demais da Região. Triunfo na verdade significa algo especial...

Parte do tesouro desses colecionadores poderia ser mantido na desejada exposição a ser mantida em sala especial do museu,  porém enfrenta grande resistência de algumas pessoas - talvez se achando alijados do processo  evolutivo e  sem qualquer participação na história passada e recente triunfense; inclusive destoando da determinação anterior do senhor prefeito que solicitou pessoalmente a aposição da coleção de quadros esportivos representando os times do município de outras décadas não recebendo atenção.

Defende-se também  organizar assuntos de  períodos diversos, digitalizar e depois transformar em livro  didático que conste fotos e importantes passagens para ser distribuído nas escolas municipais. Deve-se recorrer ao programa de  Funcultura, que costuma arcar nos custos que envolvem catalogação, recuperação, até  chegar à publicação.  

O ECLÉTICO CARLOS FERRAZ SEMPRE REUNINDO DE AMIGOS

DE TRIUNFO...







PARA O MERCADO DA MADALENA EM RECIFE...









NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!