terça-feira, 2 de setembro de 2014

LULA CRÍTICA DISCURSO DE MARINA " NÃO ACREDITE NA APOLOGIA DA NÃO-POLÍTICA"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou, de maneira indireta, o discurso de Marina Silva, candidata do PSB à Presidência da República, durante ato político com militantes em São José dos Campos, interior de São Paulo, na noite desta quinta-feira (28). Sem mencionar o nome da ex-ministra, ele pediu para que as pessoas não acreditem em quem prega o discurso da não política.
— Tem gente que fala: eu não vou votar em político porque eu não gosto de política. Se alguém quiser votar em alguém que não é político, em primeiro lugar, não acredite quando o cara faz apologia da não política. Não acredite porque não é possível alguém governar fora da política.
Desde que se candidatou à presidência, em 2010, Marina Silva se coloca como uma alternativa à política tradicional e critica a realização de alianças que não são pautadas pelo alinhamento ideológico. No palanque, Lula afirmou que não é possível governar sem acordo com outros partidos.
— Quem for eleito prefeito de São Jose dos Campos, tem que conversar com a Câmara dos Vereadores. Quem for eleito governador de São Paulo, tem que conversar com a Assembleia Legislativa, quem for eleito Presidente da República, vai ter que conversar com o Congresso Nacional e com os partidos políticos. Por isso, não está na hora de a gente negar a política.
Ao lado do candidato do PT ao governo de São Paulo, Alexandre Padilha, seu afilhado político, Lula disse, ainda, que o ex-ministro pode ser uma alternativa para os eleitores que dizem não acreditar em políticos.
— Se alguém quiser votar em quem nunca foi político, esse moço aqui nunca foi vereador, nunca foi deputado, nunca foi senador.
Marina se tornou uma ameaça à candidatura de Dilma Rousseff (PT) desde que assumiu a cabeça da chapa, com a morte do ex-governador Eduardo Campos em um acidente aéreo. A petista liderava isoladamente as pesquisas de intenção de voto antes da tragédia. Sondagem do Ibope divulgada nesta terça-feira (26) já mostra Marina Silva apenas seis pontos atrás da presidente.
 
Fonte: R7/ Eleições 2014

TURISMO DEMONSTRA SER RESISTENTE ECONOMICAMENTE


Mais uma vez o turismo municipal deu demonstrações claras e evidentes da sua grande elasticidade e de quanto é estável como segmento econômico. O significativo número de turistas que chegaram oriundos das mais diversas regiões do Brasil ( Rio Grande do Sul, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Santa Catarina, Minas Gerais, Bahia, Ceará, Paraíba, Maranhão ) no período de 5 a 10/08/2014 na  7ª edição do maravilhoso e concorrido Festival de Cinema de Triunfo, terminou correspondendo ao tão desejado acréscimo de visitantes ao território do "Oásis do Sertão".

Essa crescente temporada competitiva chegou a lembrar os gloriosos e saudosos tempos do Circuito do Frio que conseguia aquecer bem a cadeia econômica. Embora o lugar estivesse saindo de duas frustradas realizações dos eventos tradicionais: São João e Festa dos Estudantes, propositalmente abandonados pela Fundarpe e Prefeitura Municipal de Triunfo, demonstração desrespeitosa aos frequentadores nativos, visitantes de localidades circunvizinhas e turistas. Não entende-se portanto, qual a motivação, pois trata-se da: "Cidade, mais alta, mais bela e de melhor clima do Estado de Pernambuco".

De qualquer forma os ataques negativos aplicados pelos pseudo-gestores nas citadas festividades,  não agravaram seriamente a imagem local naquela parte do ano, porém chegou a causar momentos de indignação das pessoas independentes, livres, desimpedidas, que não engoliram o descaso e vários empreendedores ficaram temerosos de outra crise acontecer no setor, igual a tempos passados, quando investimentos foram deixados de lado. Na outra parte, foi possível constatar que existindo algum interesse a estabilidade pode retornar. 

Na realidade, acredita-se que cerca de muito mais da metade de toda a receita municipal é resultante do turismo e houve recentemente registro de declínio, segundo estatísticas financeiras de alguns hoteleiros, embora a temporada seja relacionada aos meses de maio, junho, julho, agosto, onde existe a predominância da maior procura devido o clima mais frio na Estância Balneária. Tira-se portanto a conclusão  que existindo o devido planejamento dá-se um passo notável sendo caracterizado por três ações típicas distintas: reconhecimento, eficiência e ímpeto.Espera-se assim alcançar maior visibilidade. 

 











segunda-feira, 1 de setembro de 2014

FUNDARPE EMBARGA AÇÃO DA PREFEITURA SOBRE O PATRIMÔNIO HISTÓRICO DE TRIUNFO

triunfo 1triunfo 2
triunfo 3

Após o vereador de oposição ao governo do prefeito Luciano Bonfim (PR), de Triunfo, Djaci Marques (PSD), denunciar a destruição e demolição de um patrimônio histórico no município, o governo de Pernambuco, por meio da Fundarpe, notificou a prefeitura. No entendimento do órgão, o trabalho executado pelo poder municipal foi considerado irregular. A notificação de embargo da Fundarpe foi encaminhada para o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) para adoção de medidas e responsabilidade penal, civil e administrativa, responsabilizando-se quem deu causa ao dano em imóvel tombado historicamente.

“A destruição foi descabida e sobre um bem em processo de tombamento pelo Estado, assim como por ser um prédio encravado no núcleo histórico de Triunfo”, avaliou o vereador Djaci Marques. Ele lembra que a catalogação do imóvel consta no Plano Diretor do município, aprovado pela Lei Municipal n° 1.082/07 e tombamento municipal Lei n° 750/87. É atribuição da Fundarpe executar a política de preservação e fiscalização do Patrimônio histórico, arqueológico, paisagístico, artístico, documental e cultural do Estado.


“É lamentável que a Prefeitura de Triunfo esteja autorizando a demolição do Patrimônio Histórico infringindo a lei, como também não tenha um Secretário de Obras e Urbanismo competente, com conhecimento específico e técnico para gerir sua pasta, pois é mais um apadrinhado. Desconhece o Plano Diretor da cidade e a importância da proteção e preservação do Patrimônio Histórico, e principalmente desconhece a história e a cultura da cidade, não sabe que o prédio demolido é um dos mais antigos da cidade e está localizado no núcleo histórico. Fato este que causou comoção, insatisfação e indignação dos cidadãos”, destacou o parlamentar do PSD, defendendo o trabalho de oposição.

“Faço uma oposição séria e responsável, trabalho em defesa do povo e dos interesses do município, baseado na ética, verdade, responsabilidade e imparcialidade. Não vou aceitar e nem calar em nenhuma hipótese ou situação, diante dos desmandos que acontecem em Triunfo. E neste caso a medida servirá de valioso exemplo aos infratores da lei, desta forma protegendo o notável Patrimônio Histórico Municipal”. ( Farol de Notícias)


FUNDARPEFUNDARPE I

ANIVERSARIANDO NESTA DATA O PROMISSOR MÚSICO TRIUNFENSE SAMUEL FEITOSA - NOSSOS PARABÉNS!!!

  
 
 





01 DE SETEMBRO - NOSSAS HOMENAGENS AO EDUCADOR FÍSICO


Parabéns a todos os Profissionais de Educação Física!  

1° de Setembro, hoje é o seu dia!







BRASIL CAMINHA PARA ASSUMIR A LIDERANÇA MUNDIAL EM NÚMEROS DE ACADEMIAS

academia (Foto: Photo Pin)

O boom das academias de ginástica no Brasil nos últimos anos tem feito com que o país caminhe para assumir a liderança mundial nos negócios voltados para a prática de atividade física. Atualmente, o país só tem menos empresas nesse segmento que os Estados Unidos e, enquanto a quantidade de empreendimentos americanos é praticamente estável há três anos (cresceu apenas 0,7% de 2009 a 2012), o número de empresas do tipo no Brasil cresceu 29% no mesmo período.
Além disso, o Brasil tem uma proporção per capita de academias de ginástica superior à americana. Nos Estados Unidos existe um estabelecimento para cada 10,5 mil americanos, aqui essa proporção é de uma academia para cada 9,1 mil pessoas. Em números absolutos, os EUA contam atualmente com 29.960 empreendimentos, contra os 21.760 negócios brasileiros.
Por trás desse fenômeno está a preocupação com um corpo saudável e atlético, que alimenta um mercado bilionário. Um diagnóstico sobre o setor feito pelo Sebrae revela que as 21.760 academias brasileiras tem 2,8 milhões de alunos matriculados. O segmento gera aproximadamente 317 mil empregos formais para profissionais de educação física e movimenta cerca de R$ 2,45 bilhões por ano.   O crescimento de 29% em três anos representou a criação de 4.948 novos negócios no período.
“Esse desempenho indica que o setor não está tão vulnerável às oscilações da macroeconomia, graças a vários fatores, como a popularização da prática de esportes, a cultura brasileira que valoriza a boa aparência e forma física, o aumento da expectativa de vida da população e a nova composição de classes sócio-econômicas no país”, afirma o presidente do Sebrae Nacional, Luiz Barretto.
Apesar desse crescimento, o Brasil ainda ocupa a 10ª posição mundial no que diz respeito à receita das academias, o que aponta para um baixo nível de maturidade na gestão dos empreendimentos. “As micro e pequenas empresas precisam ter foco em produtividade para minimizar custos, aumentar a lucratividade e o nível de competitividade. Além disso, elas devem estar atentas às novas tendências, às inovações do mercado e ao ambiente legal dos negócios para aproveitarem o potencial de crescimento desse setor nos próximos anos”, ressalta Luiz Barretto.
Das 21.760 academias do país, 99,75% são micro ou pequenas empresas e o Sebrae tem atuado para fortalecer esses empreendimentos. No período de 2010 a 2013, foram realizados quase 21 mil atendimentos junto a 10.925 empresas. Agora, a instituição inicia um esforço nacional para que esses negócios sejam atendidos de acordo com as suas características regionais e tem estimulado a troca de experiências e o cooperativismo para que os empresários alcanc em seus objetivos de forma mais rápida. “O segmento de academias ainda atende apenas 1,4% da população brasileira, o que mostra um grande potencial de mercado. Mas, para isso, as academias precisam se profissionalizar”, acrescenta o presidente do Sebrae.
Um total de 68% (14.805) das empresas desse setor no país estão concentradas em seis estados, sendo três da região Sudeste (São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro), dois da região Sul (Rio Grande do Sul e Paraná) e um da região Nordeste (Bahia). São Paulo é o campeão nacional em número de academias com 6.349 empreendimentos e, na região Sudeste, chama a atenção o fato de Minas Gerais ter um número de empresas maior que o Rio de Janeiro – 2.294 contra 1.969 respectivamente. O diagnóstico do setor de academias feito pelo Sebrae será divulgado durante a IHRSA Fitness Brasil, a maior e mais respeitada conferência para gestores e coordenadores de academias da América Latina, que acontece de 28 a 30 de agosto, no Transamérica Expo Center, em São Paulo
Fonte: SEBRAE
 Pequenas empresas grandes negócios

ACADEMIA DA CIDADE NECESSITA DE REPAROS URGENTES

 




 

Entre outras obras bastante equivocadas pelas suas indevidas localizações na cidade, tipo: Central de Abastecimento (destruído sem nunca funcionar),Calçadão da Orla( estreitando a avenida), Pátio de Eventos (atrapalhando a mobilidade), Arquibancada do Estádio (apenas dois batentes), Monumento do Avião ( interditando significativa via) é sem dúvida alguma a problemática Academia das Cidades, situada à beira do suntuoso Lago João Barbosa,  que deveria ter sido construída noutro setor, dentro dos padrões determinados ( foi reduzida quase na metade para caber no espaço onde estava uma bonita praça) evitando ampliação da área urbana.

Destinada à prática de lazer tem apresentado-se como a imagem viva do descaso das sucessivas gestões administrativas.Construída pelo Governo de Pernambuco em parceria mínima com a Prefeitura Municipal de Triunfo que disponibilizou o local para sua edificação, mas de propósito utilizou material de questionada qualidade o que termina por contribuir com a sua rápida e visível decadência, comprovando o alto grau de desrespeito com o dinheiro público jogado no ralo, na maior “cara-de-pau” e mesmo assim recebendo o respaldo popular,  deixando a impressão de covardia e medo quando deveriam ter a postura de encarar a realidade e reivindicar melhorias.

Os estragos são evidentes: nas telas da quadra poliesportiva rasgadas, que parcialmente foram consertadas; no gradil de contorno com parte  enferrujada;  piso solto; banheiros avariados; placas de proteção e informação apagadas; árvores sem poda ;  esgoto a escorrer vez ou outra nas calçadas, além de inexistência da água para lavar as mãos nos sanitários e várias lâmpadas queimadas  sem reposição. Os frequentadores também não costumam zelar pela citada área pública de lazer e jogam lixo no chão, devido ausência de constante fiscalização. Precisam entender que Triunfo é vitrine e necessita ser mantida arrumada o tempo inteiro.

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!