segunda-feira, 25 de maio de 2015

NÃO HÁ MAL QUE SEMPRE DURE - POR: LUIZ SAUL PEREIRA


O dividido PSDB do Aécio – garotão político que não se consolidou como estrela guia da oposição – assumiu a sensatez de engavetar, por enquanto, a tese do impeachment que não prosperaria. Preferiu as escaramuças da proposição ao Procurador Geral Rodrigo Janot de ações penais para a investigação das pedaladas contábeis praticadas pelo Planalto. Em decorrência, vestirá uma saia justa no PGR que intenta a recondução. A verdade é que o Aécio posou de estadista e a Dilma, de resolvedora geral, e ambos mentiram, ambos fracassaram. 

O que se tem hoje é um PSDB escorregadio que não tinha nem tem projeto – exceto o de se contrapor ao PT –, um tanto ausente das discussões dos grandes temas, e com a aparência de estar a reboque do pensamento do PMDB. 

Nunca como agora a turbulência do raciocínio brasileiro esteve tão fora da curva. Basta notar que, enquanto o Executivo, na tentativa da remissão dos pecados, se escalpela para equilibrar as contas públicas, anunciando cortes extraordinários das despesas e aumento de impostos, o Legislativo toca um projeto de ampliação das instalações incluindo a edificação de um shopping center. Não se trata de uma guerra de egos, mas de irresponsabilidade direta na veia. Por essas e outras razões, 2014 não acabou e 2015 está no lixo.

Enquanto isso, na moita espinhenta, a dilma, na condição de herdeira da missão de desastrar o Brasil, reza em contrição pelos milagres de São Joaquim Levy, o único patrono da causa de reaver a credibilidade do país no concerto das nações e principalmente nos cofres dos investidores internacionais.

O que essa oposição entreverada em questões menores não parece perceber é que, na hipótese de a Dilma respirar com os tubos desse novel santo padroeiro, a propaganda oficial ungirá novamente os desordeiros de agora, abrindo caminho para a continuidade do projeto de poder inaugurado pelo Lula-lá. Acaso respire a dama, tudo será esquecido, pois estaremos desmemoriados, pois não? Afinal, ninguém sabia de nada.

Vale dizer, a Dilma pode parecer um “cachorro (cadela, no caso) morto” agora, mas o jogo pode-se inverter, uma vez que não há mal que sempre dure.

Quem olha com a atenção imparcial para a Esplanada percebe que, em meio a agonia palaciana, há uma réstia de luz chamada equipe econômica pela qual todo o mundo torce, especialmente os estrangeiros ansiosos de voltarem a pousar nesse país de oportunidades. Lá fora, todos torcem pelo Brasil. Aqui é que é que o bicho pega.


 
Por: Luiz Saul Pereira

GIRO SOCIAL: DESTAQUE PARA A ALA FEMININA

Aparecida Terto
Edna Andrade
Joscelma Ramos
Jucira Florentino
Juliana Costa
Sandra Gusmão
Vania Diniz e suas amigas
Vilma Quinto
Zimar Lopes

MORADORES RECLAMAM DE RUA SEM CALÇAMENTO

Rua Valdemar Lopes Ferraz


Venho denunciar e pedir providências sobre a  Rua Valdemar Lopes Ferraz, Bairro Guanabara, que está necessitando de calçamento com a maior brevidade . Por incrível que pareça, por mais de dez anos ela  encontra- se em visível situação precária. Os moradores da mesma que pagam seus impostos regularmente, estão indignados com tanto descaso e querem uma solução da prefeitura.

Convido todo pessoal a compartilhar no intuito de alertar as autoridades da cidade responsáveis pelo setor, para que a obra seja realizada o mais rápido.A ausência de calçamento e falta de manutenção daquele trecho, faz com que os residentes mais idosos, nos momentos de emergência, quando necessitam ser deslocados, sejam transportados  nos braços ou em cadeiras .Gente esta via precisa ser consertada. Por favor!


Por facebbok - Nil Lima

PROJETO DE REVITALIZAÇÃO DA ORLA INCOMPLETO




O prazo para finalização do projeto de revitalização dos quase um quilômetro e meio, da orla no Lago João Barbosa Sitônio, Bairro Guanabara,  situado entre as artérias urbanas: Avenida José Veríssimo dos Santos, Praça Carolino Campos, Avenida Pompílio Wanderley, Academia da Cidade , parece que foi mais uma vez adiada. A previsão de entrega da equivocada obra sugerida por personagens bajuladoras da época - deixaram de assumir a paternidade ao constatarem fracasso do empreendimento que foi a princípio definida na gestão Maninho, seguindo esse tempo todo a se arrastar. Era prevista conclusão para final de 2014, mas o serviço atrasou demais e terminou o significativo trecho sem continuação do atrativo paredão, anunciado avançar de um lado, até a residência do senhor Expedito Viana e do outro até a residência do senhor Roberto Diniz, com sobras de 398 mil depositadas na Caixa Econômica Federal (CEF). A implantação aconteceu somente no trecho do Pátio de Eventos e Praça Carolino Campos, finalizadas há pouco tempo e demonstrado precisar de reparos em alguns pontos.

Nesse caso, a verdade é que a sempre ludibriada população, aguarda pelo fim das obras há cerca de oito anos, além do atraso na reforma do calçadão margeando o Lago João Barbosa Sitônio, que depois de não vingar teve que ser desmanchado. Considera-se absurdo esse demonstrativo por demais desrespeitoso com o dinheiro do contribuinte, outra vez jogado ao ralo, por administradores sem visão e sem responsabilidade.Segundo discordantes do grupo político rival da Câmara Municipal: acostumados integrarem o serviço público sem nada e saírem milionários. Acusam alguns utilizarem comprovados métodos fraudulentos para burlarem o erário público e adquirirem bens particulares, reforçando também gordas poupanças, apontando o fato de responderem na Justiça pelos danos causados, foram considerados inelegíveis por oito anos e constam na relação dos ficha-suja. Assim tem andado a carruagem dos pseudo-representantes, conhecidos por agirem no desvio de função, sempre em favor próprio.

O projeto de revitalização dessa orla, vale recordar: foi anunciado em 2009, na transição da administração do prefeito Maninho e a segunda gestão do sucessor Luciano e deveria ter sido finalizada em tempo record. Entre as medidas anunciadas estavam providências para contenção do avanço da terra vinda dos riachos próximos, construção de quiosques, instalação da iluminação moderna e potente, implantação de banheiros, extensa ciclovia, relógio e termômetro e muitas outras novidades. Para realizar a intervenção, foram investidos recursos na base de dois milhões e meio de reais, advindos do Ministério do Turismo e Governo de Pernambuco. No entanto passou a ser questionada abertamente pela ausência de qualidade, erros pontuais e superfaturamento, por contraditórios oposicionistas do período,  agora defensores governistas descarados.A política de Triunfo atual, é um misto de cinismo e hipocrisia.

domingo, 24 de maio de 2015

VISITE ESSE AMBIENTE AGRADÁVEL E ACONCHEGANTE


Está provado e comprovado que passeios agradáveis com a família e amigos, faz parte da vida. E Triunfo possui o ingrediente ideal para se comemorar: muita alegria, qualquer festividade, independente do período. Sempre existem boas opções: Carnaval, Semana Santa, Caravana da Saudade,  Exposição de  Automóveis Antigos, São João, Festa do Estudante, Semana do Folclore, Festival de Cinema, Motofest, Natal e Ano Novo.Outros eventos menores acontecem para todos os gostos.

Prepare-se para desfrutar do carinho, alegria e do calor humano de um povo que cultiva a hospitalidade, o bom humor e a satisfação de bem receber seus visitantes.No ambiente agradável e aconchegante você desfrutará de uma excitante viagem por situações diferenciadas, tanto na zona urbana, como na zona rural, recebendo sempre tratamento de cortesia, atenção e esmero que emolduram o conhecido atendimento e a tradição no bem servir. Tudo isso com certeza vai encantar. E vai voltar logo, logo.








ASSOCIAÇÃO DOS AMIGOS DE TRIUNFO - AMITRI



Fundada nos anos 1980, a Associação dos Amigos de Triunfo – AMITRI, era formada por moradores dos diversos segmentos da sociedade triunfense e defendia os interesses da população em geral, respaldando os melhoramentos essenciais para a cidade "Oásis do Sertão" nas diferentes atividades dos setores públicos e privados.Era o grupo composto por Cristóvão Jackson, Pedro Junior, Junior Veríssimo, Carlos Ferraz, entre outras figuras locais, empenhadas no bem-estar social.




Desde aquele período defendia-se com  determinação o necessário projeto de completa requalificação das principais vias-públicas que a prefeitura ao ser requisitada sempre alegava abrir licitação e realizar as pretendidas obras, o que jamais aconteceu. Ficou a filantrópica entidade a enviar documentos à gestão municipal pedindo informações, mas as respostas oficiais jamais contemplaram as propostas que foram reivindicadas. Daí iniciando-se movimento organizado para denunciar ao Ministério Público Estadual (MPPE) sobre a visível situação de abandono que encontrava-se o Centro, o Sítio Histórico e também várias artérias secundárias.

Existe ainda hoje uma grande torcida para que a atuante associação seja reativada visando ser possível tomar conhecimento - a parcela mais informada  de habitantes -  por exemplo: quais são as pretensões do poder público,  destinadas a curto, médio e longo prazo. Segundo alguns moradores insatisfeitos, é inútil aguardar alguma informação precisa, vinda da Câmara de Vereadores. Aquele importante Poder Legislativo parece não ter a menor ideia do que existe a ser desempenhado pela gestão. Não basta  somente depois ficarem aplicando lamentações que nada ou quase nada vão adiantar, precisam sim discutir antes o planejamento junto à comunidade , para evitar costumeiros tropeços.

Pretende-se conhecer, o projeto, opinar, sugerir, apoiar ou discordar, reclama um ex-integrante - que ameaçou na ocasião da construção equivocada do Pátio de Eventos naquele  equivocado e  prejudicial espaço - realizar um ato público contrário, onde seria repassados os desabonadores fatos nos veículos de comunicação, respaldado pela participação de moradores e pessoal residente em Recife.Durante a reunião previa-se haver coleta de assinaturas, onde presentes firmariam um abaixo assinado requisitando intervenções nas principais vias para melhorar principalmente iluminação, limpeza e preservação.

ANOITECER EM TRIUNFO - QUE ESPETÁCULO!!!


sábado, 23 de maio de 2015

MUSEU FOTOGRÁFICO VIRTUAL DE TRIUNFO





Nada mais significativo para aplicados moradores, visitantes eventuais ou interessados turistas, passearem tranquilamente, contemplando as  atrativas paisagens do município pernambucano de Triunfo - considerado " Oásis do Sertão". Melhor ainda ser possível rever esses saudáveis momentos e constatar mínimos detalhes, nessas fotografias e noutras diferenciadas, arquivadas no programado acervo virtual público do sonhado "Arquivo Público". Além do mais, serão registros documentais de fatos passados e presentes, que estarão disponibilizados. 

Faz bastante tempo que defende-se por convicção a necessidade de serem oferecidas novas opções aos frequentadores da bela cidade serrana, nas curtas ou demoradas estadias. Sem dúvida, a sugerida instalação do sonhado espaço cultural - quando criarem sala temática com a denominação prevista: 'Museu Fotográfico de Triunfo', no prédio do 'Complexo de Museus' (Cidade, Sacro, Engenho, Cangaço), onde por décadas abrigou a Escola Barbosa Lima", na Praça Monsenhor Eliseu Leal Diniz, Centro,  proporcionará resultados satisfatórios.


A RIQUEZA DO ACERVO TRIUNFENSE




A interessante Triunfo -   comprovada geograficamente a mais alta do Estado, também "Estância Climática" e " Estação Balneária" -   chegando a apostar nessa proposta ousada e moderna iniciativa,  facilitaria a permissão de qualquer internauta escolher formas de buscar e promover suas diversificadas galerias, baseadas em datas, autorias, localizações, assuntos diversos e informes relacionados aos  respectivos períodos. Sendo também possível ampliar fotos desejadas e captar imagens selecionadas. Esses documentos digitalizados na alta rotação, tornaria com toda certeza, mais prático a obtenção de pesquisas nas vinculadas sessões previstas, investindo à vontade em retratos, reproduções, cenas,  contribuindo assim na estruturação inicial desejada..

Muito importante portanto, oferecer instrumentos a pessoas determinadas em conhecer minucias  da localidade e dispostas  navegar sem que haja perda de qualidade ou gasto excessivo no tempo disponível. É deixar à vontade: parecendo ler um livro ou ver um filme - ambos relacionados à dinâmica social do vocacionado território sertanejo.Tudo isso deve inspirar curtição nas particularidades do distinguido paraíso, localizado meio à desgastada natureza. Não existe qualquer dúvida que haveriam doações significativas revelando hábitos urbanos, retratos da sociedade, passagens folclóricas e estampando nomes  da história triunfense.

CONFIRMADO POTENCIAL TURÍSTICO TRIUNFENSE



Segundo recente pesquisa realizada pela Empetur confirmou um fato já visível: Triunfo é das cidades mais destacadas entre as demais pernambucanas que possuem vocação com destino turístico estadual e nordestino. Além disso, tornaram-se reais outros dados muito importantes para quem entende turismo como arma para diminuir a pobreza, gerar emprego e patrocinador do desenvolvimento social,  promovendo elos que outros meios da cadeia produtiva não produziram.

Entretanto, não acontece isso por acaso, uma série de fatores  se juntaram para levar aos frutos atuais, que o "Oásis do Sertão" colhe, tipo a melhor conscientização da população, surgindo aos poucos, de que vivemos a inquestionável era do turismo. Existe ainda um fator cada vez maior de que o turismo deixou de ser encarado apenas como forma de lazer, para se transformar em objeto de estudos e discussões estratégicas e fontes econômicas financeiras de países, estados e municípios.

No caso triunfense, o clima de insegurança reinante em várias partes do Estado, a recessão econômica do País - apesar da castigante seca que dura quatro anos  terminaram por influenciar a privilegiada visitação e o conceito de lugar ideal para ser conhecido. Além disso  a atuação de alguns organismos particulares comprometidos na mudança fundamental, tem dado demonstrações claras da consciência sobre a importância  do turismo. Tanto assim que ocorrem ações individuais,criando bases para a implementação da real política turística municipal. 

HOSPITALIDADE DESTACADA TAMBÉM NA ZONA RURAL



Quando o visitante da bela cidade de Triunfo, se propõe cumprir à risca os roteiros bem traçados e  passeios elaborados pelos competentes guias turísticos, conterrâneos: Euclides Neto, Herculano Jr, Laydson Bezerra, Claudinei Lima, várias surpresas encantadoras poderão estar reservadas. São: montes, lagos,  açudes, vales, riachos barragens, planícies, lagoas, represas, cachoeiras, bicas,  que compõem o cenário das diferentes localidades.




Dentre  esses destacados pontos  citados,  deve haver alguns que estiveram em atividade constante anos atrás, protagonizando alguns poucos filmes nacionais produzidos, na Terra da Baixa Verde.  Embora os habitantes dessas áreas mantenham no presente momento, vagas recordações,  fator atribuído aos seguidos administradores públicos desinteressados que naquele período, não demonstrarem qualquer vontade no registro das películas rodadas parcial ou integralmente no território triunfense...

É possível ainda no município constatar nas localidades habitadas por comunidades mais conservadoras, adeptas da tradição receptiva e desejosa de bem servir, famílias que demonstram momentos de muito prazer ao receber visitantes, oferecendo geralmente:café moído típico e natural, além de geleias, pães, doces, linguiças, queijos e outros produtos caseiros após turistas desfrutarem das seguidas trilhas desenvolvidas nos passeios a cavalo ou  mesmo a pé. Fica portanto  confirmada a grande hospitalidade

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!