sábado, 4 de julho de 2015

FESTA TRADICIONAL DE PEDRO FOGUETEIRO ACONTECE HOJE EM PRINCESA ISABEL

Princesa Isabel será palco neste sábado (04) da tradicional festa de Pedro Fogueteiro. O saudoso artista princesense, que faleceu aos 85 anos no dia 20 de Agosto de 2013, receberá homenagens amanhã. Pedro Fogueteiro ficou conhecido na região pelas suas confecções de materiais explosivos e pelo famoso show pirotécnico que realiza na tradicional festa de São Pedro.
Pedro Fogueteiro, começou a fabricar fogos em 1945, aos 17 anos, e a cada ano a Rua do Cancão, era palco para uma multidão apreciar sua arte.

A família de Pedro Fogueteiro continua mantendo a tradição dos fogos e festas para lembrar a data que já é incluída no calendário festivo municipal.

Hoje,Sábado (04), tem a festa com a grande Banda Brasas do Forró e a banda Pegada de Barão, a partir das 22h, na famosa rua do Cancão.


Fonte: Blog da Sabrina Barbosa

DESTAQUE PARA FAMÍLIAS TRIUNFENSES NO SEU ACONCHEGO...

Família dos amigos

Carmelita Vasconcelos (Nenem) ladeada pelos amados filhos

Mamãe coruja, Helena Lima, e os filhotes, Hélcius, Luciana e Helder


Meu papai Silvio Romero e a filhota Rafaelinha

Carinho de Tamar para tia Lídia

Mamãe D. Ciana e a filha amada Vanecia

Meu pai querido, Flávio, e a filhinha Mariana Araújo
Tem coisa melhor do que família e amigos juntos...?



SONIDO PROJETO APRESENTA RADIOLA SERRA ALTA



Nesta terça (07/07) o Sonido Projeto tem o prazer de receber a RADIOLA SERRA ALTA. Direto da cidade de Triunfo-PE, a dupla eletrônica promove um diálogo entre a cultura popular e as novas tecnologias, entre a tradição e as novas ferramentas digitais de produção musical.


Trajados de figuras tradicionais do carnaval triunfense, a Veinha e o Careta, a dupla preserva suas identidades em sigilo, seguindo a tradição secular: são os brincantes eletrônicos do Alto Sertão do Pajeú.

SONIDO PROJETO - Projeto permanente de música autoral que acontece todas as terças na Rouge, com a curadoria do produtor Leo Antunes, e que tem como objetivos buscar novas sonoridades e trabalhos de artistas do cenário local, nacional e até internacional, e estimular a criação de um real mercado de música autoral no estado. 

Um espaço para um contato íntimo e sem preconceitos com a música, com qualidade de som e o conforto da charmosa Rouge.


Sonido Projeto, com Radiola Serra Alta.
07/07 (Terça), 21h
Local: Rouge (Praça de Casa Forte, 570 - Recife)
Ingressos: R$15
Reservas de mesas: enviar e-mail para “sonidoprojeto@gmail.com”

***Promoção: clone de Crepes e Drinks durante toda a noite.

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - 

AVISO - Ingressos apenas na bilheteria da casa, e a dinheiro. Não aceitaremos cartão de crédito ou débito na bilheteria. 

Já na área interna, a Rouge funcionará normalmente. O pagamento de qualquer item do cardápio e bebidas poderá ser realizado com cartão de crédito ou débito.

ESTATURA DE ANÃO DOS HOMENS PÚBLICO DO PAÍS - POR LUIZ SAUL




Aqui no Congresso é assim: nada se resolve por consenso e ninguém se dá por perdido. Pois, o Eduardo Campos (PMDB), imperador da Câmara Federal, tendo rejeitada a proposta de redução da maioridade penal para 16 anos, manobrou a sua reintrodução na pauta com algumas variações, de sorte a que matéria vencida, e, portanto, proibida de retornar na mesma legislatura, ganhasse status de assunto novo e voltasse gloriosa ao plenário no qual recebeu a aprovação dos convertidos. 

Aí, cada um dos contendores juntou o seu grupo e foi para o canto ringue com os seus managers para a contagem dos votos e montagem das estratégias de knock down. O que eles não sabem ou preferem ignorar é que a reinserção da matéria vencida pode ter aqueles ares de natimorta, acaso atue o STF. Mas, aqui tudo pode acontecer, inclusive nada.

A verdade é que vivemos um país de homens públicos de estatura cerebral anã, em sua razoável maioria, em que os projetos sempre de curto prazo guardam e protegem interesses fisiológicos ou de compadrio, em razão do quê a nação caminha para o abismo, faltando 5 passos.

Esses 5 passos podem até ser menores, com a notícia/boato de que o Michel Temer estaria prestes a entregar o cargo ou as funções de articulador de relações institucionais do governo dilma. Ora, mesmo sem reunir condições para subir ao panteão dos heróis nacionais, o Temer abriu, juntamente com o Levy, o paraquedas da dilma que descia em queda livre. Com isso, abriu também alguns ouvidos moucos do Congresso que se recusavam a ouvir a madama, e fez-se uma paz momentânea.

Sentindo-se sabotado nas funções, como bem afirma o Eduardo, que enxerga no Mercadante o pior dos ciúmes, que é de homem, pode ser que o Temer se recolha à vice-presidência, em melhor posição de tiro, e onde melhor poderá conspirar para a queda da parceira.

Mas, é importante chamar a atenção que o passo de um anão é menor que o dos demais.


Por: Luiz Saul Pereira

EXPECTATIVAS FRUSTADAS MAIS UMA VEZ - POR MARCOS ANTÔNIO FLORENTINO


Pensei bastante antes de fazer críticas às comemorações juninas por parte do poder Público atual da minha cidade para não cometer nenhum tipo de injustiça, mas não posso me calar diante de tamanha falta de vontade política e interesse em divulgar as festas tradicionais da nossa cidade.

Se não bastasse o desprezo e a falta de incentivos às nossas festas tradicionais, como exemplo, as comemorações natalinas, o nosso carnaval, festa dos estudantes, ainda temos que conviver com mais esta manifestação de total falta de interesse pelas manifestações folclóricas e culturais que verdadeiramente enaltecem e divulgam em nível nacional o nosso turismo.

Estive em Triunfo no São João do ano passado, coisa que não fazia há décadas, e fiquei perplexo e sem entender os motivos que levaram o poder público da minha cidade a não mover uma palha na realização dessa que é uma festa tradicional da nossa cidade, e que atrai centenas de turistas do Brasil inteiro com a finalidade de conhecer a nossa riqueza e nosso patrimônio imaterial.

Não querendo acreditar no que presenciei no ano passado, resolvi voltar este ano e mais uma vez participar das festas juninas e apagar da memória as lembranças traumáticas que ficaram guardadas na memória por conta da ausência das comemorações juninas . Tamanha foi a minha surpresa ao perceber que a negligência pública na realização das nossas festas vem se repetindo ao longo das administrações que se sucedem a mais de duas décadas.

Andei pela cidade durante os cinco dias que passei em Triunfo, antes e durante os São João, e ouvi das pessoas manifestações de indignação em relação às políticas publicas desenvolvidas pelo poder público atual. Era notório o sentimento de repúdio dos Triunfenses por conta do descaso com que o poder público vem tratando os interesses de toda a sociedade, e mais preocupante ainda é o sentimento de conformismo com o monopólio político que se instalou na nossa cidade, provocando nos Triunfenses o pior dos sentimentos, a impotência e falta de vontade de alavancar as mudanças que nossa cidade tanto almeja.

O que vi nas minhas andanças pelas ruas da cidade, foi as pessoas ignorando a existência do poder público e promovendo suas festas juninas entre amigos e familiares, regadas a muita pamonha, canjica, milho cozido, milho assado , muitas fogueiras e as músicas de Luís Gonzaga nos fazendo lembrar de épocas áureas da nossa infância. Para não ser injusto com a administração pública atual, fiquei sabendo que contrataram alguns artistas locais e os colocaram no pólo gastronômico, achando que assim estariam atendendo às expectativas dos Triunfenses e turistas de todo o estado que compareceram à nossa cidade.

Acho que cometeram um grande equívoco em não dar a devida importância que Triunfo merece e pelo que representa no cenário turístico nacional. Em contrapartida, exercem o poder intervencionista , criando leis municipais, cobrando impostos, impondo regras discriminatórias à pequenos comerciantes e pessoas humildes, dispensando tratamentos diferenciados a grandes comerciantes e pessoas abastadas em detrimento de interesses políticos, ao mesmo tempo em que se omitem em desenvolver ações públicas que venham atender às expectativas de toda a sociedade Triunfense, cumprindo o seu dever constitucional manifestado na carta magna Municipal.

Espero que a sociedade Triunfenses acorde desse pesadelo profunde e use a sua força na transformação dos seus destinos através do exercício da sua cidadania na hora de escolher os futuros governantes responsáveis pelas mudanças que tanto esperam.


Por; Marcos Antônio Florentino Lima

MODELO TURÍSTICO MUNICIPAL INOVADOR


Precisam acabar o quanto antes esse modelo superado de turismo antes abraçado e que terminou virando meio ilusório aplicado na tentativa de enganar aqueles menos desavisados. Lotar a cidade de veículos sem ter onde estacionar, encher praças, avenidas, ruas, travessas, de gente que não  traz  qualquer resultado satisfatório contabilizado é verdadeira hipocrisia, porque somente promove atropelos desde a sua demorada e bastante questionada inauguração, depois de imprevistos meses de atraso na mal acabada obra de valor elevado.

Entendem a pessoas de melhor visão administrativa, sentimento nativista e conhecimento abalizado, que a posição adequada é investir no modelo capaz de tornar os eventos tipo janelas para Triunfo do amanhã, onde a convivência pacífica, ordeira e alegre seja resultado da receptividade do povo, num clima blindado pelo encontro da história com a natureza. No pátio de eventos as deficiências começam atormentando os habitantes e frequentadores, pelo básico: mobilidade, barulho, ordenamento, limpeza e segurança..

sexta-feira, 3 de julho de 2015

MELHORIAS TRAZIDAS PELO MERCADO PÚBLICO















Tem-se plena consciência que apesar de andar a passos bastante lentos, a transformação, reforma, ampliação do Mercado Público de Triunfo, situado na Rua Pio X, Bairro Centro, contribuirá sem a menor dúvida no ordenamento da tradicional feira livre e seu comércio informal, prometendo avanços significativos no entorno quando forem relocados ambulantes de frutas, verduras, hortaliças, animais e demais produtos caseiros. A iniciativa pode atrair maior demanda nos finais de semana e dias comuns, devido à oferta diversificada, transformando ponto de atração pela qualidade prevista.

Para satisfação de todos moradores, visitantes e turistas, o  prefeito Luciano Fernando de Souza,  terminou acatando sugestões promovidas ao longo dos anos pelos idealistas componentes dos informativos locais que sempre defenderam a relevante intervenção pública. Na confecção do importante e sonhado projeto o arquiteto triunfense Rochael Melo, resolveu-se  de maneira democrática abraçar a ideia de maneira quase integral, aplicando ações colhidas em outros ambientes do ramo, ofertadas visando grandes melhorias, inclusive agregando áreas adjacentes que estejam dentro do mesmo processo.

São atitudes desprendidas de quaisquer vaidades pessoais ou de pretensiosismo de retratar paternidade, assim, que  conjuntamente promovem mudanças, elevam a infraestrutura da cidade turística mais badalada do Sertão, resultando melhor qualidade de vida dos habitantes. Obra também voltada para garantir um visual agradável no valorizado trecho urbano próximo da Igreja Matriz, Fórum Público, Complexo de Museus, Praça Quinze de Novembro, Centro Comercial José Veríssimo Junior. Ficará o setor mais organizado, bonito e saudável, talvez no futuro próximo, adotado como celeiro  de apelo cultural.Muito bom!



PROVIDÊNCIAS A SEREM TOMADAS NA FESTA DOS ESTUDANTES





Há bem pouco menos de um mês da tradicional Festa dos Estudantes, deve ser formado um grupo de trabalho pela prefeitura ( PMT), comerciantes (ACMT), estudantes ( UTE), empresários e diversos segmentos outros, visando discutirem propostas conjuntas para melhorar a segurança e a infraestrutura da cidade turística considerada "Oásis do Sertão".Nada melhor que apostar nas atividades descentralizadas como medidas eficazes para manter a tranquilidade e evitar possíveis excessos que venham causar insuportáveis transtornos. Vale lembrar a proibição nos lugares onde existe o mínimo de disciplina, a não permissão de entrada no espaço das festividades portando garrafas e copos de vidro.

Essas ações devem começar a serem implementadas logo após os tradicionais festejos juninos (Santo Antonio, São João e São Pedro, com o intuito de consolidar o lugar disponível para espaço determinado ao lazer: Rua Manoel Pereira Lima, Avenida Prefeito José Veríssimo dos Santos, Rua Jornalista Sigismundo Pinto, Avenida Professor Olímpio Wanderley, Praça Carolino Campos, Rua Padre José Ibiapina, Avenida Presidente Getúlio Vargas.Todas essas artérias foram prejudicadas quando equivocadamente instalaram o Pátio Maestro Madureira, causador da diminuição de mobilidade e provocação de intensos engarrafamentos.

Deve-se para tanto ordenar o uso dentro da competência, disciplinando áreas para estacionamento, definindo eventos compatíveis com esses bairros centrais e reforçando a segurança através de câmeras de monitoramento, equipe  terceirizada de pessoal qualificado, sob a coordenação das polícias militar e civil, além da guarda municipal. Infelizmente esqueceram antes, que haveriam momentos de superlotação. Poderiam também terem providenciado melhorias para receber as famílias e convidados, investindo em sinalização e profissionalização dos atendimentos turísticos.É enorme a dificuldade de estacionamento

Apela-se às secretarias municipais de Administração, Turismo e Defesa Social, cadastrarem ambulantes e barraqueiros, determinando trabalharem nas vias determinadas.Na Rua Manoel Pereira Lima e Rua Padre José Ibiapina, somente permitindo comercializar alimentação. Esses novos procedimentos sugeridos na certa darão uma dinâmica diferenciada ao festival na sua 57ª edição, estipulada entre 24 a 31 de julho.Precisa para isso fazerem articulação com o governo do Estado para oferecerem melhores condições de uso aos moradores, visitantes e turistas .Estão os frequentadores aguardando as mudanças para ver o que vai dar certo, tipo a falta de sanitários uma das falhas constantes. Que se evite o improviso....

LAGO JOÃO BARBOSA DEVE SER VALORIZADO







Faz tempo a existência de cobrança das administrações recentes e passadas, que a Prefeitura apresente propostas de ocupação para as margens e interior do Lago João Barbosa Sitônio, situado no Bairro Guanabara. Várias sugestões foram oferecidas com bastante antecedência, todas determinadas a modificar o visual por completo do mais importante cartão postal da cidade denominada "Oásis do Sertão", que destaca-se ainda pela condição de credenciada "Estação Climática" e divulgada "Estância Balneária" Nada melhor que aproveitar e fazer a necessária recuperação.

Seriam portanto:  instalação de  um "pier" , um trecho de cem metros de extensão a partir da Avenida José Veríssimo dos Santos - imediações da Sociedade Triunfense de Cultura - STC.;  introdução de refletores embutidos na parte interior; instalação de plataforma metálica na ponte; implantação de postes faltosos e reforço na potência das luminárias; incremento da jardinagem e abertura de outros espaços laterais para estacionamento como encontra-se sendo acertadamente providenciado no entorno por orientação inicial do ex- secretário de obras Murilo Simões e sendo continuado pela secretaria de administração, Nazaré Ferraz.

SISTEMA POLÍTICO ATUAL AMEDRONTA






Tornou-se do conhecimento público que para se perpetuarem no poder, esses políticos utilizam várias estratégias nocivas.Consta mas fundamentalmente criarem um conjunto de ações assistencialistas, não estimulando qualquer empreendedorismo, oferecendo apenas programas educacionais de baixo nível e realizando obras de infraestrutura de pouca qualidade e superfaturadas  segundo a ala adversária. 

Tudo relacionado à corrupção bastante crônica praticada há décadas, sem qualquer punição, apesar das constantes denúncias.Causando assim uma verdadeira desilusão para quem possui algum tipo de sensibilidade e  alimenta esperança de que o município poderá algum dia tornar-se desenvolvido e digno do seu povo ordeiro, trabalhador e hospitaleiro, rótulo conquistados ao longo dos anos. Rejeitar é preciso,  porque aqueles que representam a inversão de valores, não defendem saúde decente,  somente contribuem para extrema pobreza, ignorando higiene, lazer. cultura,  e moradia adequada.

Sabem com qual objetivo? Manter a desinformada maioria da população, dependente do governo, a receber empregos que não façam evoluir para uma classe média no padrão de população independente , eleitorado esclarecido e município consciente. São atitudes que depreciam o sistema político, a economia da comunidade e o crescimento educacional.Por isso é necessário analisar o histórico da vida pessoal, ´profissional e política dos supostos candidatos para as eleições próximas. 

NOSSOS LEITORES PELO MUNDO!